Marcadores

acessos (3) Acidentes (3) Anatomia (4) Articulações (4) Artralgia (1) Artrite (11) Artroscopia (1) Artrose (3) Atrofia muscular espinhal (1) Aula (1) Avaliação (3) Backhand (1) bioimpressora (1) Bursite (1) cartilage (1) Cartilagem (2) Cervical (2) Ciclistas (1) Cifose de Scheuermann (1) cinesiologia (2) cirurgia (1) claudicante (1) CMT (1) Cobb (1) Coluna Lombar (3) Coluna Toráxica (1) Coluna Vertebral (4) Corpo Humano (7) Cotovelo (2) criança (1) Crônica (1) Curiosidades (4) Dedo em Gatilho (3) Degenerativa (1) Descobertas (1) Diabetes (3) diabética (2) Diagnóstico (11) Dicionário (1) Diconário (1) Dissecação (1) Distensão (1) Doença (13) Dor (6) Dupuytren (1) Edital (1) Elliot Krane (1) esclerose múltipla (1) Escoliose (2) Espondilite (2) Espondilolistese (2) Espondilose (2) Estiloide (1) Estudo (2) Eventos (2) exame clínico (6) Exame físico (11) Exosesqueleto (1) Fêmur (1) Fibromialgia (1) Finkelstein (1) fixadores (1) flexores (1) Forehand (1) Fratura (6) Gessado (1) Glasgow (1) Gota (1) Hérnia de Disco (1) impressão 3D (1) Inflamação (1) Joelho (12) knee (5) Lasègue (1) Lesões (11) Lombalgia (1) Lombar (2) Manual (1) mão (5) marcha anormal (1) Medicina (6) Médico-Paciente (2) Mellitus (1) membros inferiores (4) Membros Superiores (2) motor (1) Movimento (3) Mulher (1) Musculoesquelética (3) Músculos (2) Nervo (5) Neurológico (2) Neurônio (1) Ombro (4) órgãos (1) ortopedia (2) Ortopédico (3) Óssos (4) Osteoartrite (4) Osteocondrite dissecantes (1) Osteocondrose (1) osteomielite (2) Osteonecrose (1) osteoporose (2) Paralisia Cerebral (2) (7) pé torto congênito (1) Perna (3) Pérolas Clínicas (1) Perthes (1) Poliartrite (2) Postura médica (1) Prognóstico (1) prótese (3) Psoríase (1) Quadril (2) questões resolvidas (2) Recém Nascido (1) Relação (1) Reumáticas (3) Reumatóide (3) RN (1) SBOT (2) Schober (1) Sensitivas (1) Tecnologia (2) tendão (2) tendinite (3) Tenossinovite (1) TEOT (1) Testes (11) Tornozelo (2) Tratamento (4) trauma (2) Trendelenburg (1) Trigger Finger (1) Tumores (1) Túnel do Carpo (2) Ulnar (1) Úmero (1) vídeo (7) Vila Olímpica (1)

segunda-feira, 15 de agosto de 2016

Osteocondrose

Osteonecrose = necrose avascular óssea.
Osteocondrose = condição idiopática caracterizada por desordens da condrogênese e osteogênese que ocorre num mecanismo de crescimento anteriormente normal.
Osteocondrite dissecante = necrose avascular de um segmento de osso subcondral, causando sintomas na articulação (implica em fratura, primeiramente e em seguida, em necrose).

Osteocondrose
A.    Tipos
1.      Osteocondroses articulares (isto é, doenças de Freiberg e Perthes)
2.      Osteocondroses não-articulares (doenças de Osgood-Schlatter e de Sever)
3.      Osteocondroses fisárias (doenças de Scheuermann e de Blount)

B.     Doença de Freiberg
1.      Osteocondrose da cabeça metatarsiana, usualmente o segundo, e ocasionalmente terceiro e quarto metatarsianos.
2.      Usualmente aos 12-15 anos, antes da oclusão da fise.
3.      Os sintomas surgem antes das alterações radiográficas (dor,sensibilidade local, edema).
4.      Achados radiográficos: esclerose, f ragmentação e alargamento da epífise, pinçamento da articulação.
5.      Tratamento: repouso, proibição de ambulação com sustentação de peso, aparelho de gesso, palmilha para sustentação do arco longitudinal e ocasionalmente excisão de corpos livres ou osteotomia de dorsiflexão.

C.    Doença de Panner

1.         Osteocondrose do capítulo (capitelo) do úmero.

1.      Principalmente meninos em torno de 8-9 anos de idade.
2.      Sintomas: dor após traumatismo leve. Inabilidade de esticar completamente o cotovelo.
3.      Achados radiográficos: fragmentação e irregularidade do capitelo
4.      Tratamento: repouso e tratamento conservador. Ocasionalmente, excisão de corpos livres.

A.    Doença de Kohler
1.      Osteocondrose do navicular do tarso.
2.      Setenta e cinco a 80% são do sexo masculino, sendo comum durante os 4-10 anos de idade; um terço dos casos é bilateral.
3.      Achados clínicos: dor local, edema, sensibilidade local.
4.      Achados radiográficos: esclerose, achatamento e fragmentação do navicular.
5.       Usualmente é processo autolimitante e a regra é a reconstrução espontânea.
6.      Tratamento: repouso, observação, ocasionalmente um aparelho de gesso curto para marcha.
                                                                                                         
B.     Síndrome de Osgood-Schlatter

1.      Osteocondrose por tração da tuberosidade anterior da tíbia.
2.      Mais comum em meninos ativos, durante a puberdade; frequentemente é bilateral.
3.      Achados clínicos: dor, sensibilidade local e inchaço. Os sintomas podem perdurar durante meses a anos.
4.      Achados radiográficos: fragmentação da tuberosidade tibial com ossículos de aspecto denso e edema do tecido mole.
5.      Tratamento: tratamento conservador e ocasionalmente um aparelho gessado cisado cilíndrico. Raramente há necessidade de cirurgia, como perfuração ou excisão do fragmento ósseo não unido.

C.    Síndrome de Sinding-Larsen

1.      Osteocondrose por tração do pólo inferior da patela.
2.      Achados clínicos: dor e sensibilidade locais.
3.      Achados radiográficos: esclerose e fragmentação do pólo inferior da patela.
4.      Tratamento: sintomático.

D.    Doença de Sever

1.      Osteocondrose por pressão ou apofisite por tração da inserção do tendão de Aquiles.
2.      Mais comum em meninos entre 8-15 anos de idade.
3.      Frequentemente assintomática e pode ser uma variante normal.
4.      Tratamento: sintomático e elevação do calcanhar (aumento da altura do salto do sapato).
Fontes:
     1.      Howard,AS; Synopsis of orthopaedics – Thieme Medical Publishers,Inc.
     2.      Falcão,LFR; Costa,LHD ; Manual de Reumatologia, 2012 – Roca

           Recomendo:
1.      Fernandes, JHM; Doença Musculoesquelética, módulo 3: http://www.semiologiaortopedica.com.br/2012/09/modulo3.html
2.      E-book de semiologia ortopédica ( 26 módulos)

Nenhum comentário:

Postar um comentário