Marcadores

acessos (3) Acidentes (3) Anatomia (4) Articulações (4) Artralgia (1) Artrite (11) Artroscopia (1) Artrose (3) Atrofia muscular espinhal (1) Aula (1) Avaliação (3) Backhand (1) bioimpressora (1) Bursite (1) cartilage (1) Cartilagem (2) Cervical (2) Ciclistas (1) Cifose de Scheuermann (1) cinesiologia (2) cirurgia (1) claudicante (1) CMT (1) Cobb (1) Coluna Lombar (3) Coluna Toráxica (1) Coluna Vertebral (4) Corpo Humano (7) Cotovelo (2) criança (1) Crônica (1) Curiosidades (4) Dedo em Gatilho (3) Degenerativa (1) Descobertas (1) Diabetes (3) diabética (2) Diagnóstico (11) Dicionário (1) Diconário (1) Dissecação (1) Distensão (1) Doença (13) Dor (6) Dupuytren (1) Edital (1) Elliot Krane (1) esclerose múltipla (1) Escoliose (2) Espondilite (2) Espondilolistese (2) Espondilose (2) Estiloide (1) Estudo (2) Eventos (2) exame clínico (6) Exame físico (11) Exosesqueleto (1) Fêmur (1) Fibromialgia (1) Finkelstein (1) fixadores (1) flexores (1) Forehand (1) Fratura (6) Gessado (1) Glasgow (1) Gota (1) Hérnia de Disco (1) impressão 3D (1) Inflamação (1) Joelho (12) knee (5) Lasègue (1) Lesões (11) Lombalgia (1) Lombar (2) Manual (1) mão (5) marcha anormal (1) Medicina (6) Médico-Paciente (2) Mellitus (1) membros inferiores (4) Membros Superiores (2) motor (1) Movimento (3) Mulher (1) Musculoesquelética (3) Músculos (2) Nervo (5) Neurológico (2) Neurônio (1) Ombro (4) órgãos (1) ortopedia (2) Ortopédico (3) Óssos (4) Osteoartrite (4) Osteocondrite dissecantes (1) Osteocondrose (1) osteomielite (2) Osteonecrose (1) osteoporose (2) Paralisia Cerebral (2) (7) pé torto congênito (1) Perna (3) Pérolas Clínicas (1) Perthes (1) Poliartrite (2) Postura médica (1) Prognóstico (1) prótese (3) Psoríase (1) Quadril (2) questões resolvidas (2) Recém Nascido (1) Relação (1) Reumáticas (3) Reumatóide (3) RN (1) SBOT (2) Schober (1) Sensitivas (1) Tecnologia (2) tendão (2) tendinite (3) Tenossinovite (1) TEOT (1) Testes (11) Tornozelo (2) Tratamento (4) trauma (2) Trendelenburg (1) Trigger Finger (1) Tumores (1) Túnel do Carpo (2) Ulnar (1) Úmero (1) vídeo (7) Vila Olímpica (1)

segunda-feira, 11 de julho de 2016

Artrites Enteropáticas





1. Considerações gerais
  • Grupo de artropatias inflamatórias associadas às doenças inflamatórias intestinais (DC e RCU) e em menor proporção à doença de Whipple, à doença celíaca e à cirurgia de by pass intestinal.
  • Artrite periférica em 10 a 22% da enterite regional e 12% da espondilite e colite ulcerativa em 6% em ambos os grupos.
  • Ligeiramente mais comum em homens com a doença axial.
  • Doença de Whipple: artrite periférica inespecífica e envolvimento sacroilíaco.

 2. Achados Clínicos

a) Artrite periférica: geralmente é oligoarticular assimétrica, com padrão migratório (não erosiva).
A artrite pode ocorrer em 10 a 22% dos pacientes com doenças inflamatórias intestinais (maior prevalência em DC) e se associar à dactilite (tenossinovite dos flexores) e entesite. Pode ainda preceder o quadro intestinal, apresentando-se por anos como um quadro de atropatia indiferenciada.
A atividade articular periférica pode estar associada à atividade da doença intestinal, principalmente na RCU e na colectomia.

Não há melhora de quadro axial ou relação com atividade intestinal na DC.
A radiografia das articulações periféricas, em geral, não apresenta erosões.
Um quadro de poliartrite periférica, geralmente não deformante, pode ocorrer na doença de Whipple e em cirurgia de by pass intestinal, um quadro mais grave e deformante pode ocorrer na DC.

b) Artrite axial: padrão semelhante ao da espondilite ancilosante.
Pode estar relacionado com o HLA-B27 em 50 a 75% dos casos.
Possui evolução independe do quadro intestinal.
Pacientes com doença de Crhon e HLA-B27 positivo têm mais chance de evoluir com quadro axial e semelhante à espondilite ancilosante.
A artrite axial é mais comum em homens que em mulheres (3:1).
Radiografias das sacroilíacas pode ser semelhante à espondilite ancilosante, apesar de maior incidência de sacroileíte assimétrica.


c) Complicações extra-articulares: úlceras orais (na DC), 25% têm lesões cutâneas (eritema nodoso, pioderma gangrenoso) e 11% têm uveíte anterior aguda (geralmente unilateral e transitória, sendo que na DC pode ocorrer uveíte granulomatosa crônica).

Fontes:
1.      Howard,AS; Synopsis of orthopaedics – Thieme Medical Publishers,Inc.
2.      Falcão,LFR; Costa,LHD ; Manual de Reumatologia, 2012 – Roca

Recomendo:
1.      Fernandes, JHM; Doença Musculoesquelética, módulo 3: 
2.      E-book de semiologia ortopédica ( 26 módulos)

Nenhum comentário:

Postar um comentário