Marcadores

acessos (4) Acidentes (3) Anatomia (4) Articulações (4) Artralgia (1) Artrite (11) Artroscopia (1) Artrose (3) Atrofia muscular espinhal (1) Aula (1) Avaliação (3) Backhand (1) bioimpressora (1) Bursite (1) cartilage (1) Cartilagem (2) Cervical (2) Ciclistas (1) Cifose de Scheuermann (1) cinesiologia (2) cirurgia (2) claudicante (1) CMT (1) Cobb (1) Coluna Lombar (3) Coluna Toráxica (1) Coluna Vertebral (4) Corpo Humano (8) Cotovelo (2) criança (1) Crônica (1) Curiosidades (4) Dedo em Gatilho (3) Degenerativa (1) Descobertas (1) Diabetes (3) diabética (2) Diagnóstico (12) Dicionário (1) Diconário (1) Dissecação (1) Distensão (1) Doença (13) Dor (6) Dupuytren (1) Edital (1) Elliot Krane (1) esclerose múltipla (1) Escoliose (2) Espondilite (2) Espondilolistese (2) Espondilose (2) Estiloide (1) Estudo (2) Eventos (2) exame clínico (7) Exame físico (12) Exosesqueleto (1) Fêmur (1) Fibromialgia (1) Finkelstein (1) fixadores (1) flexores (1) Forehand (1) Fratura (7) Gessado (1) Glasgow (1) Gota (1) Hérnia de Disco (1) impressão 3D (1) Inflamação (1) Joelho (12) knee (5) Lasègue (1) Lesões (11) Lombalgia (1) Lombar (2) Manguito Rotador (1) Manual (1) mão (5) marcha anormal (1) Medicina (6) Médico-Paciente (2) Mellitus (1) membros inferiores (4) Membros Superiores (2) motor (1) Movimento (3) Mulher (1) Musculoesquelética (3) Músculos (2) Nervo (5) Neurológico (2) Neurônio (1) Ombro (6) órgãos (1) ortopedia (2) Ortopédico (3) Óssos (4) Osteoartrite (4) Osteocondrite dissecantes (1) Osteocondrose (1) osteomielite (2) Osteonecrose (1) osteoporose (2) Paralisia Cerebral (2) (7) pé torto congênito (1) Perna (3) Pérolas Clínicas (1) Perthes (1) Phallen (1) Poliartrite (2) Postura (1) Postura médica (1) Prognóstico (1) prótese (3) Psoríase (1) Quadril (2) questões resolvidas (2) Recém Nascido (1) Relação (1) Reumáticas (3) Reumatóide (3) RN (1) SBOT (2) Schober (1) Sensitivas (1) Tecnologia (3) tendão (2) tendinite (3) Tenossinovite (1) TEOT (1) Testes (14) Tornozelo (2) Tratamento (4) trauma (2) Trendelenburg (1) Trigger Finger (1) Tumores (1) Túnel do Carpo (2) Ulnar (1) Úmero (1) vídeo (8) Vila Olímpica (1)

quarta-feira, 1 de junho de 2016

Osteomielite Hematogênica Aguda

INTRODUÇÃO



Infecção óssea causada por bactéria piogênica, que pode ocorrer por via hematogênica, por extensão de processo infeccioso adjacente ou introdução de microorganismos. Confunde muito com a artrite séptica. Pode ser por uma fratura exposta, ou uma otite (hematogênica), ou um processo infeccioso local (nem que seja um abscessozinho, ou uma artrite infecciosa que se agravou porque demorou a tratar). Osteomielite de calcâneo por teste do pezinho também existe, por isso tem que haver assepsia adequada. Fratura exposta: se não foi bem tratado ou o sistema imunológico é menor. É um processo inflamatório do osso decorrente de uma infecção.

- Lactentes e crianças: faixa etária mais freqüente. 01 a 03 anos de idade.
- Sexo masculino (4 vezes mais)
- Metáfise de ossos longos: sede mais freqüente. Mas tbm pode aparecer em ossos chatos. E o usual é joelho, metáfise distal do fêmur e metáfise proximal da tíbia.
- Eu vou ter osteomielite aguda em menos de 48 horas. Passou de 03 dias ela já cronificou. Essa osteomielite crônica vai evoluir com seqüestro ósseo, tecido ósseo desvitalizado, sem defesa ao redor, sem irrigação para o antibiótico chegar (aí que é o problema, o antibiótico não chega). Pode acontecer extensão, ou seja, se eu não tratar vai pegar a diáfise, pode pegar o osso inteiro, pandiafisite. Eu não posso deixar avançar, o tratamento deve ser imediato (hoje, agora)
- Osteomielite subaguda: dependendo da defesa que eu tiver e da agressividade da bactéria, o processo infeccioso pode ficar restrito. Se ele ficar restrito, vou ter uma imagem circular na metáfise. É uma bola escura com uma borda branca ao redor (esclerose), que até pode simular uma lesão benigna (um tumor ósseo). É o
abscesso de Brodie, um abscesso intra-ósseo. Chamado de subagudo pq vai durar semanas ou meses, até que você tem alguma dor, mas a criança brinca, corre, bom estado geral, não está toxemiada

Etiologia

- Staphylococcus aureus é o mais freqüente. O S. aureus está dentro da flora da pele da gente.
- Pneumococcus e Salmonella tenho que desconfiar. Streptococcus também.
- O mais agressivo é o Staphylococcus.


Quadro Clínico

- Dor local. Mas é diferente da artrite séptica, vc não vai ter aquela dor articular, você vai ter uma dor palpável naquele local da metáfise, mas muitas vezes a criança de baixa idade não te deixa examinar, não te dá tanta informação, vc vai mais pela dor.
- Febre alta.
- Pseudoparalisia. Ela não vai se mover, vai ficar em posição de defesa.
- Calafrios, como sintoma de toxemia.
- Desidratação.
- Manifestações sistêmicas de septicemia. Ela pode ficar séptica antes do que a gente imagina, vai tudo da defesa e da idade da criança.


Exame laboratorial

- Hemograma
- VHS
- PCR
- Hemocultura


"RN não vou achar nada normalmente! Hemograma e VHS normais. Se você tem suspeita em um RN, fazer a punção logo, porque depois de 2 dias ela volta, já com o abscesso formado, com imagem radiológica (5 dias)."

Imagem

- RX: 7 a 10 dias eu posso ter imagem, às vezes 4, 3, 5 dias pode aparecer alguma coisa no RX, depende da agressividade, e eu não posso chegar nesse ponto. Rarefação óssea na metáfise, levantamento periostal e erosão cortical.
- US: por ser intraósseo, isso nos leva a pensar que a US não vai adiantar, mas esse levantamentozinho do periósteo pela formação do meu abscesso é o lugar onde eu tenho que puncionar, e o US vai me guiar para que eu venha com a agulha e puncione no lugar certo.
- Cintilografia: mostra a concentração óssea. Então posso ter um diagnóstico precoce 24 a 48 horas pela cintilografia. É altamente sensível, rápido, mas não é tão específico, pode ser por ex uma artrite infecciosa, ou uma osteomielite, etc.
- TC e RM: já to pensando nas sequelas. Vou ver quanto foi comprometido da minha margem óssea para planejar tratamento. O que eu tenho de fístula, o que eu tenho de abscesso, etc.


Diagnóstico

- Aspirar a área afetada determinando se há pus e obter material para exame bacteriológico.
- Esfregaço de gram, bacterioscopia e cultura + antibiograma. Bacterioscopia vai me dar um resultado até de imediato, só que só vai aparecer em 30% dos casos.


Diagnóstico diferencial


- Artrite séptica
- Artrite reumatóide
- Leucemia aguda
- Sarcoma de Ewing. Tem uma imagem típica de osteomielite, e eu posso pegar criança de 05 a 15 anos, e o mais freqüente é diáfise. Tumor maligno. Diagnóstico: biópsia. Você vai ver que a criança não está tão hiperemiada, você não tem tantas manifestações de infecção, mas seu RX é muito parecido com osteomielite. Imagem em casca de cebola (levanta o periósteo em várias camadas), essa imagem é característica de Sarcoma de Ewing, Osteosarcoma e Osteomielite. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário