Marcadores

acessos (3) Acidentes (3) Anatomia (4) Articulações (4) Artralgia (1) Artrite (11) Artroscopia (1) Artrose (3) Atrofia muscular espinhal (1) Aula (1) Avaliação (3) Backhand (1) bioimpressora (1) Bursite (1) cartilage (1) Cartilagem (2) Cervical (2) Ciclistas (1) Cifose de Scheuermann (1) cinesiologia (2) cirurgia (1) claudicante (1) CMT (1) Cobb (1) Coluna Lombar (3) Coluna Toráxica (1) Coluna Vertebral (4) Corpo Humano (8) Cotovelo (2) criança (1) Crônica (1) Curiosidades (4) Dedo em Gatilho (3) Degenerativa (1) Descobertas (1) Diabetes (3) diabética (2) Diagnóstico (11) Dicionário (1) Diconário (1) Dissecação (1) Distensão (1) Doença (13) Dor (6) Dupuytren (1) Edital (1) Elliot Krane (1) esclerose múltipla (1) Escoliose (2) Espondilite (2) Espondilolistese (2) Espondilose (2) Estiloide (1) Estudo (2) Eventos (2) exame clínico (6) Exame físico (11) Exosesqueleto (1) Fêmur (1) Fibromialgia (1) Finkelstein (1) fixadores (1) flexores (1) Forehand (1) Fratura (6) Gessado (1) Glasgow (1) Gota (1) Hérnia de Disco (1) impressão 3D (1) Inflamação (1) Joelho (12) knee (5) Lasègue (1) Lesões (11) Lombalgia (1) Lombar (2) Manguito Rotador (1) Manual (1) mão (5) marcha anormal (1) Medicina (6) Médico-Paciente (2) Mellitus (1) membros inferiores (4) Membros Superiores (2) motor (1) Movimento (3) Mulher (1) Musculoesquelética (3) Músculos (2) Nervo (5) Neurológico (2) Neurônio (1) Ombro (5) órgãos (1) ortopedia (2) Ortopédico (3) Óssos (4) Osteoartrite (4) Osteocondrite dissecantes (1) Osteocondrose (1) osteomielite (2) Osteonecrose (1) osteoporose (2) Paralisia Cerebral (2) (7) pé torto congênito (1) Perna (3) Pérolas Clínicas (1) Perthes (1) Phallen (1) Poliartrite (2) Postura (1) Postura médica (1) Prognóstico (1) prótese (3) Psoríase (1) Quadril (2) questões resolvidas (2) Recém Nascido (1) Relação (1) Reumáticas (3) Reumatóide (3) RN (1) SBOT (2) Schober (1) Sensitivas (1) Tecnologia (3) tendão (2) tendinite (3) Tenossinovite (1) TEOT (1) Testes (13) Tornozelo (2) Tratamento (4) trauma (2) Trendelenburg (1) Trigger Finger (1) Tumores (1) Túnel do Carpo (2) Ulnar (1) Úmero (1) vídeo (8) Vila Olímpica (1)

quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

O Conceito de “Poliartrite mais”

As doenças reumáticas crônicas (incluindo as inflamações do tecido conjuntivo) constituem um grupo de condições multisistêmicas na qual uma poliartrite periférica simétrica sem características distintas provavelmente é uma característica comum.
Segue que detectar uma associação clínica com uma anormalidade em outro sistema tem maior probabilidade de fornecer um diagnóstico correto do que ponderar os resultados de uma bateria de testes de anticorpos, que pode, na melhor das hipóteses, somente oferecer uma lista de probabilidades relativas.
O conceito de “poliartrite mais” é desta forma um guia útil para resolver tais problemas de diagnósticos clínicos. Somente um exame minucioso de todos os sistemas pode esgotar a totalidade das pistas para diagnóstico que podem ser trazidas à tona e postas em ordem.
É necessário cuidado ao presumir que uma associação clínica observada necessariamente possui importância para o diagnóstico.
Duas explicações alternativas devem sempre ser consideradas: a possibilidade tanto da característica associada pode ser iatrogênica (isto é, o resultado de um tratamento) quanto de ser mera coincidência.
As características mais importantes da “poliartrite mais” juntamente com seus diagnósticos mais prováveis estão listados abaixo.

Está fora de escopo deste artigo comentar em detalhes a importância de todas as interpretações possíveis das associações listadas.

  Poliartritre  +                                             Diagnóstico potencial
 Dor abdominal                                            Poliartrite nodosa
Abortamentos de repetição                      Síndrome primária antifosfolípides
Alopécia                                                         Lúpus eritematoso sistêmico (LES)
Exantema em borboleta                             LES
Calcinose                                                        Dermatomiosite, esclerodermia
Ataque cardíaco                                            Muito inespecífico
Baqueteamento                                            Osteoartropatia hipertrófica
Coma                                                              LES
Estado de confusão                                     LES
Diarréia                                                          Artrite reativa
Vasculite digital                                            Artrite reumatoide (AR)
Trombose venosa profunda                      Síndrome primária antifosfolípides
Disfagia                                                         ERsclerodermia
Ataques                                                        LES
Cefaléia                                                         Arterite temporal
Hemólise                                                      LES
Hipertensão                                                 LES, PAN
Malabsorção                                                Esclerodermia
Mononeurite múltipla                                PAN, AR
Neuropatia                                                   AR, PAN
Neutropenia                                                Drogas, Síndrome de Felty, LES
Pericardite                                                    AR, LES, ACj
Efusão pleural                                              AR, LES
Pneumonite                                                  LES
Proteinúria                                                    LES, drogas
Fibrose pulmonar                                         AR, esclerodermia, metotrexato
Púrpura                                                           LES, droga
Fenômeno de Raynaud                                Esclerodermia, LES, AR
Insuficiência renal                                         LES, droga
Trombocitopenia                                           Drogas
Uretrite                                                            Artrite reativa


LOCALIZAÇÃO  DE  TENDINITE  NO  OMBRO  ATRAVÉS  DE  UM  “ARCO DOLOROSO”

Músculo / tendão   afetado                              Arco de movimento ativo
Supraespinhoso                                                    Abdução
Infraespinhoso                                                      Rotação lateral
Subescapular                                                         Rotação medial
Bíceps braquial (cabo longo)                              Flexão
____________________________________________________________________________

EXEMPLOS DE INSTABILIDADES ARTICULARES NORMALMENTE ENCONTRADAS
Instabilidade                                                                Exemplo
____________________________________________________________________________
Movimento passivo para os dois                             Ligamentos colaterais do joelho rompidos
lados da tíbia sobre o Fêmur
(ligamentos colaterais do joelho);
Movimento passivo anteroposterior                       Ligamentos cruzados do joelho rompidos
da tíbia sobre o fêmur
(ligamentos cruzados);
Perna recurvada grosseiramente;                              Pólio, Hipermobilidade, Síndrome Ehlers- 
                                                                                                                                                          Danlos
Sinal de Trendelenburg positivo;                                    Quadril instável
“Arthritis mutilans” – articulações                                Artrite psoriática, AR
interfalangianas fracas;
Deslocamento espontâneo do ombro ou da patela;   Hipermobilidade , Síndrome  Ehlers-Danlos
Pé plano ( queda do arco longitudinal);                        Obesidade, frouxidão
____________________________________________________________________________




DEFORMIDADES   ESPECÍFICAS   DO   APARELHO   LOCOMOTOR
Deformidade                                                                                    Descrição
                                                   MEMBRO SUPERIOR
Flexão fixa das IFDs/IFPs/MCFs (sinal de oração)      Inabilidade de esticar os dedos
Desvio ulnar                                                                      Desvio lateral dos dedos com subluxação             
                                                                                             parcial das MCFs              
Dedo em “pescoço de cisne”                                         Hiperextensão das IFPs com flexão fixa das 
                                                                                                                                                                IFDs
Deformidade de Boitonnière                                         Flexão permanentemente fixa das IFPs
Polegar com forma de “Z”                                              Hiperextensão da 1ª IFP com subluxação
                                                                                             palmar da 1ª MCF
Subluxação volar do punho                                             Deslocamento para trás do carpo em
                                                                                              relação ao rádio distal
Subluxação dorsal da articulação radioulnar               Estilóide ulnar proeminente
Inferior
Flexão fixa do cotovelo                                                     Incapacidade de esticar o cotovelo
                                                                                                                                                   totalmente
Cúbito valgo                                                                        Deslocamento angular do antebraço em
                                                                                                                                            relação ao braço
Subluxação do ombro para cima                                     O úmero desloca-se poara cima devido a
                                                                                               uma atrofia/ruptura do manguito rotador
Luxação anterior do ombro                                               Deslocamento para frente da cabeça
                                                                                                        umeral a partir da cavidade glenóide
Luxação posterior do ombro                                             Deslocamento para trás da cabeça do
                                                                                                         úmero a partir da cavidade glenóide
_____________________________________________________________________________



DEFORMIDADES   ESPECÍFICAS   DO   APARELHO   LOCOMOTOR
Deformidade                                                                                   Descrição
                                                           MEMBRO INFERIOR
Hálux abdutovalgo                                                          Dedão do pé virado para fora;
Pernas tortas ou varas (pernas em “O”)                     Tíbia deslocada medialmente ao fêmur;
Pernas valgas (perna em “X”)                                         Tíbia deslocada lateralmente ao fêmur;
Deslocamento da patela                                                  Deslocamento lateral ou medial da patela
                                                                                              em relação ao fêmur;
Calcanhar valgo                                                                 Calcanhar com ângulo lateral em relação
                                                                                              ao tornozelo ou com pronação do retropé;
Coxa vara                                                                            Ângulo reduzido entre o colo femoral e o
                                                                                              eixo femoral;
Pé pleno valgo                                                                    Achatamento do arco longitudinal do pé +
                                                                                              calcanhar valgo;
Flexão fixa do joelho                                                         Perda da capacidade de extensão, de
                                                                                              forma que o joelho fica permanentemente
                                                                                              fixo;
Flexão fixa do quadril                                                        Perda da capacidade de extensão, de
                                                                                              forma que o quadril fica
                                                                                              permanentemente fixo;

Nenhum comentário:

Postar um comentário