Marcadores

acessos (3) Acidentes (3) Anatomia (4) Articulações (4) Artralgia (1) Artrite (11) Artroscopia (1) Artrose (3) Atrofia muscular espinhal (1) Aula (1) Avaliação (3) Backhand (1) bioimpressora (1) Bursite (1) cartilage (1) Cartilagem (2) Cervical (2) Ciclistas (1) Cifose de Scheuermann (1) cinesiologia (2) cirurgia (1) claudicante (1) CMT (1) Cobb (1) Coluna Lombar (3) Coluna Toráxica (1) Coluna Vertebral (4) Corpo Humano (8) Cotovelo (2) criança (1) Crônica (1) Curiosidades (4) Dedo em Gatilho (3) Degenerativa (1) Descobertas (1) Diabetes (3) diabética (2) Diagnóstico (11) Dicionário (1) Diconário (1) Dissecação (1) Distensão (1) Doença (13) Dor (6) Dupuytren (1) Edital (1) Elliot Krane (1) esclerose múltipla (1) Escoliose (2) Espondilite (2) Espondilolistese (2) Espondilose (2) Estiloide (1) Estudo (2) Eventos (2) exame clínico (6) Exame físico (11) Exosesqueleto (1) Fêmur (1) Fibromialgia (1) Finkelstein (1) fixadores (1) flexores (1) Forehand (1) Fratura (6) Gessado (1) Glasgow (1) Gota (1) Hérnia de Disco (1) impressão 3D (1) Inflamação (1) Joelho (12) knee (5) Lasègue (1) Lesões (11) Lombalgia (1) Lombar (2) Manguito Rotador (1) Manual (1) mão (5) marcha anormal (1) Medicina (6) Médico-Paciente (2) Mellitus (1) membros inferiores (4) Membros Superiores (2) motor (1) Movimento (3) Mulher (1) Musculoesquelética (3) Músculos (2) Nervo (5) Neurológico (2) Neurônio (1) Ombro (5) órgãos (1) ortopedia (2) Ortopédico (3) Óssos (4) Osteoartrite (4) Osteocondrite dissecantes (1) Osteocondrose (1) osteomielite (2) Osteonecrose (1) osteoporose (2) Paralisia Cerebral (2) (7) pé torto congênito (1) Perna (3) Pérolas Clínicas (1) Perthes (1) Phallen (1) Poliartrite (2) Postura (1) Postura médica (1) Prognóstico (1) prótese (3) Psoríase (1) Quadril (2) questões resolvidas (2) Recém Nascido (1) Relação (1) Reumáticas (3) Reumatóide (3) RN (1) SBOT (2) Schober (1) Sensitivas (1) Tecnologia (3) tendão (2) tendinite (3) Tenossinovite (1) TEOT (1) Testes (13) Tornozelo (2) Tratamento (4) trauma (2) Trendelenburg (1) Trigger Finger (1) Tumores (1) Túnel do Carpo (2) Ulnar (1) Úmero (1) vídeo (8) Vila Olímpica (1)

domingo, 1 de novembro de 2015

Perguntas e Respostas sobre Músculos

O que é atrofia muscular?

- A atrofia (do grego  a = falta de  e  trophe= nutrição) é o desgaste muscular causado por dano ao suprimento nervoso muscular. Como esses nervos contem vários fatores tróficos, o dano causa degeneração e desgaste das fibras musculares dependentes. A falta de uso do músculo ou várias doenças musculares também podem causar atrofia. Ainda assim, a causa mais comum de atrofia muscular é o dano ao suprimento nervoso.

O que são fasciculações?

- São tremores musculares visíveis e irregulares causados por contrações espontâneas de unidades motoras individuais. Com a atrofia, as fasciculações são um sinal de desnervação.
De fato, a interrupção do suprimento nervoso torna o músculo hiperexcitável, o que favorece as contrações espontâneas das fibras individuais.
Como são produzidos os reflexos musculares?

- Por meio de uma estimulação rápida do tendão muscular com um martelo de reflexos. Essa manobra produz um rápido estiramento do músculo, que é sentido pelas células fusiformes musculares e transmitido à medula espinhal. A medula, por sua vez, envia sinais de volta ao músculo, realizando uma contração reflexa.

O que é o tônus muscular? Como ele pode ser avaliado?

- O tônus muscular é a resistência oferecida ao movimento passivo por todos os músculos normais. Ele pode ser testado pela flexão ou pela extensão passiva de uma articulação, como dobrar o cotovelo ou a perna no joelho. Ao executar essa manobra (e comparando os lados direito e esquerdo), o examinador pode estimar facilmente se a resistência é maior ou menor do que o normal.

Quais são as formas mais comuns de tônus muscular alterado?

- RIGIDEZ é um aumento no tônus muscular, presente difusamente durante toda a amplitude de movimento da articulação. Ela é vista comumente em doenças neurológicas degenerativas, como a doença de Parkinson.

- ESPASTICIDADE é vista comumente em pacientes com dano do trato piramidal (corticoespinhal). Ela se caracteriza por um aumento no tônus muscular, que se torna maior com o estiramento muscular progressivo. Assim, a resistência inicial é baixa, mas aumenta gradualmente à medida que o músculo é estirado progressivamente. Finalmente, quando o músculo está sobtensão considerável, pode haver um relaxamento protetor e um fenômeno de entrega. Essa súbita perda de tônus é altamente característica da espasticidade.

- FLACIDEZ é uma diminuição no tônus; os músculos tornam-se incomumente frouxos.  A flacidez geralmente resulta de dano ao sistema nervoso periférico e ao suprimento nervoso dos próprios músculos.

Que achados físicos são produzidos pelo dano ao cerebelo?


- A dificuldade com os movimentos coordenados finos. Como resultado, os pacientes têm movimentos trêmulos, impulsivos e desajeitados. O dano cerebelar pode afetar o movimento ocular (nistagmo), a fala, os braços ou as pernas e a marcha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário